Como encontrar acomodação em Dublin

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

Você está pensando em vir pra irlanda ou está com tudo pronto pra vir mas está se perguntando: “Meu deus, onde eu vou morar quando eu chegar lá? Como encontrar uma acomodação na Irlanda?

Calma! Você vai encontrar uma casa, isso é certeza… Mas verdade seja dita, essa é uma das tarefas mais complicadas aqui. Sim, esse mito é verdade e eu vou explicar porque.  Calma, você vai encontrar seu lar doce (talvez não tão doce) lar. Mas nada aqui é regra, você pode ter muita sorte e encontrar um lugar que ame de inicio, ou não.

Porque é difícil encontrar uma casa em Dublin? 

A demanda de estudantes e imigrantes aqui é muito grande, são muitos à procura de casa e isso faz com que os preços sejam altos. O aluguel aqui provavelmente será a maior parte dos seus gastos e isso vai depender da região que você vai morar. Além disso, as casas não são exatamente novas, claro que há ofertas de apartamentos novos, mas fique preparado, sobretudo próximo ao centro, para encontrar casas velhas e mal conservadas.

Sabendo dessa concorrência os integrantes da casa geralmente entrevistam muitas pessoas candidatas, então além de você ter que encontrar uma boa vaga, que caíba no seu bolso, que seja minimamente limpa e com pessoas toleráveis, essas pessoas ainda tem que te escolher. Ou seja, você tem que ser selecionado! 

Depois de você ser selecionado você ainda tem que se adaptar as regras e as pessoas, e isso provavelmente será um dos maiores exercícios que você fará na vida.

Outra dificuldade é que aqui você precisa, quase que em 100% das vezes, pagar um deposito na entrada. Isso significa que além do aluguel que você vai ter que pagar ao entrar na casa, você terá que pagar mais um valor igual ao aluguel para o proprietário da casa para assegurar quaisquer danos que possa ocorrer na casa. Esse valor pode variar, pode ser menor que o valor do aluguel ou até maior, não há uma regra, mas ele será devolvido ao final da sua estadia se você cumprir  estabelecido pelo landlord, o proprietário da casa.

Onde encontrar ofertas de acomodação

Melhor lugar para achar os anúncios de acomodação é sem sombra de dúvida o FaceBook. São INÚMEROS grupos e, SIM, você tem que caçar todos os dias as vagas e entrar em contato com as pessoas por lá. Então se você não é muito adepto ao FaceBook é melhor fazer um perfil para, pelo menos, poder ver os grupos de lá. É dessa maneira que a maioria das pessoas conseguem acomodação por aqui.

imagem-acomodação-3-1

Alguns grupos para entrar (são vários! Tente em todos!)

Existe a opção de você procurar uma casa por sua conta e ir morar com seus amigos, ou se você estiver de casal é uma boa opção para achar um flat só pra vocês. Você pode achar essas vagas no Darft.ie
imagem-acomodação-2

Regiões para morar

Dublin é dividida por regiões e cada uma é dada um número diferente. Cada número ou região (veja no mapa a baixo) tem vário bairros.

No meio da cidade passa o Rio Liffey, e ele divide o lado norte e sul de Dublin. A parte norte da cidade são os números impares, e  a parte sul são os números pares. Antigamente a parte sul era a parte “rica” da cidade, e a norte a parte, digamos, “operária” por isso os alugueis podem ser mais caros na parte sul. Mas atualmente não existe essa distinção, a parte norte tem bairros excelentes (inclusive moro aqui).

O centro da cidade está dividido entre os números 1 e 2. Número 2 é a área do Temple Bar e 1 a região da  O’Connel Street e Parnnel Street. Morar nessas áreas tem a vantagem de você estar perto de quase tudo e poder fazer quase tudo andando. Mas existem desvantagens e uma delas é encontrar acomodações caras e velhas, e em péssimo estado.

Quanto mais longe do centro mais barato pode ficar seu aluguel, provavelmente mais barato e em casas com condições melhores, novas ou reformadas. Você pode encontrar até um single room longe do centro pelo mesmo preço de um quarto compartilhado com 4 pesoas no centro.

Dica importante: morar fora da região central pode ser até mais barato mas você deve colocar na conta o valor do transporte que vai precisar para se descolocar. Aqui usamos o Leap Card ( um cartão pra pagar os transportes públicos) e estudante tem direito de fazer o Student Leap e com ele nós temos uma promoção que pagando 20 Euros semanais você paga menos. A promoção tem umas regras mas, no geral, você paga 20 euros semanais para pegar ônibus (apenas ônibus, Luas ou trem não entram na promoção), ou seja, 80 euros por mês. Eu sugiro que você coloque esse preço mais o aluguel na conta do mês e veja se vale mais a pena morar em algum lugar mais próximo da sua escola e do seu trabalho em que você  não precise pagar transporte.

Outro fator importante são os horários dos ônibus, trem e do Luas, embora funcionem bem e estejam sempre pontuais, a maioria deles param de passar depois das 23:30. Então se você trabalha a noite ou tem uma vida noturna agitada isso pode afetar seu bolso. Táxis aqui não são tão baratos e talvez, repito, compense você fazer as contas e pagar pra morar numa região mais central.

A solução, na minha opinião, é procurar casas perto da sua escola e do seu trabalho. Entretanto, geralmente as escolas são na região central, então você pode procurar casas em regiões mais próximas, mas não exatamente no centro. Procure acomodações que, na media, são 20 a 30 minutos caminhando para Town (como os irishs chamam o centro aqui), como por exemplo Dublin 3, 4, 7, 8, e em  Drumcondra, Dublin 9. Mas fique atento pois essas regiões são grandes, então dê preferencia para bairros com curto raio de distância do centro.

mapa-dublin

Mapa Dublin Fonte: http://www.dublintourist.com/maps/dublin-postal-codes/

O que você deve observar ao visitar uma casa

Viver na Europa não significa viver no luxo e no conforto, aqui você vai notar que é exatamente o oposto. Muito provavelmente você vai dividir casa com várias pessoas, vai ter que dormir em beliche, pode encontrar casas velhas e sujas no seu caminho e vai morar com pessoas que talvez não tenham o mesmos hábitos que você, isso pode ser bom, mas também pode ser muito ruim.

Então quando você achar alguma casa anunciada e você for fazer a entrevista fique atento aos itens citados a baixo e o que você deve questionar.

  1. Quantas pessoas vão morar com você ? Quais as nacionalidades?
  2. Quais os horário dos seus futuros flatmates? (isso é importante para saber se a casa estará busy na hora que você precisar sair por exemplo, se você pode ter preciosos momentos sozinho em casa, ou apenas para  não demorar no banho por que sabe que seu flatmate precisa sair no mesmo horário que você)
  3. Tem que pagar deposito? Qual o valor? Tem algum contrato?
  4. Sua cama é beliche?
  5. As contas estão inclusas no valor do aluguel? Quais são as contas?
  6. Tem wi-fi (algumas casas não tem por que a internet movel aqui funciona muito bem e cada um tem o seu)
  7. A Eletricidade é pré-paga, pós-paga?
  8. Ligam o aquecedor no inverno? Qual a frequência? (no inverno tem casas que não ligam o heater e a casa fica congelando e isso causa transtornos, acredite)
  9. Tem schedule de limpeza? (com que frequência você tem que limpar se for você que for fazer)
  10. O chuveiro é elétrico ou boiler?
  11. Você pode levar visitas e beber dentro da casa? (acreditem tem casa que você não pode)
  12. É permitido fumar (se você fuma é importante perguntar)
  13. Tem maquina de lavar e secar roupas? (secar nem sempre tem, mas se tiver já ajuda demais no inverno)

Valores

Difícil falar de valores, pois aqui não tem uma regra específica, vai depender de vários fatores o valor do seu aluguel. Mas a média que pagamos dividindo quarto é 300 a 400 euros. Eu atualmente pago 390 euros em uma casa com 8 pessoas e divido quarto apenas com uma pessoa. Conheço gente que paga mais caro pra dividir quarto com 4 pessoas e dormir na beliche. Também há quem prefira alugar um flat, um quarto conjugado e banheiro, pagando 700 euros, pode ser uma boa opção para casais.  A melhor coisas a fazer pra saber os preços é entrar nos grupos do face e apreçar.

Saiba também  paço-a-paço para tirar o seu visto (IRP antigo GNIB) em Dublin

Arquivo-de-viagem
Intercambio Arquivo de Viagem

Quer vir pra Irlanda? Estamos prontos te ajudar! Cadastre-se no link e receba todas as informações.

Autora

g0944098-300x225

“Luiza Cavalcanti é turismóloga  por formação, mas apaixonada por viagens mesmo antes de pensar em estudar turismo.  Já participou de intercâmbio de trabalho nos EUA e viajou sozinha pela Europa, Marrocos e América do Sul. Obstinada em realizar o sonho de se tornar viajante largou o trabalho para viajar de carona entre Argentina, Chile e o Uruguai em 2017, hoje mantem o espirito viajante morando em Dublin na Irlanda.”

1 thought on “Como encontrar acomodação em Dublin”

  1. Pingback: 10 motivos para fazer intercâmbio na Irlanda

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *